IPVA MG vai ser cobrado por SMS? Entenda aqui!

O IPVA MG vai ser cobrado por SMS através da SEF. Com a modalidade vai ter redução de custos, porém, quem não quitar a dívida pode ter o veículo apreendido. Para ter todos os detalhes se o IPVA MG vai ser cobrado por SMS, confira as informações.

IPVA MG vai ser cobrado por SMS
IPVA MG vai ser cobrado por SMS

Como funciona IPVA por meio de mensagens 

A Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) vai fazer a cobrança do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), através de mensagens de texto para telefone celular (SMS).

Deste modo, cerca de 1,250 milhão de contribuintes inadimplentes vão ser alertados e orientados a regularizar o débito.

Este tipo de modalidade de cobrança é direta e ágil e permite reduzir as despesas.

Cada SMS possui valor de R$ 0,04, já em cartas registradas o custo é cerca de R$ 1,70 a unidade.

Neste caso, são notificados os proprietários de veículos que apresentam débito do IPVA em Minas Gerais, no exercício 2017 e anterior.


IPVA MG vai ser cobrado por SMS

Para trazer segurança ao usuário é necessário saber como IPVA MG vai ser cobrado por SMS, portanto, a mensagem é direta e não possui link.

De acordo com superintendente de Arrecadação e Informações Fiscais da SEF, o conteúdo da mensagem não possui qualquer link.

O superintendente de Arrecadação e Informações Fiscais da SEF, Leônidas Marcos Torres Marques, informou. “O texto enviado não remete a nenhum site nem a downloads de arquivos. O objetivo é exclusivamente lembrar aos proprietários de veículos que o imposto ainda não foi pago”.

O corpo da mensagem apresenta o seguinte aviso:

 “Aviso IPVA/MG: Constam pendências relativas ao pagamento do IPVA (ano de exercício), veículo placa (xxx-xxxx). Dúvidas, ligue: 155 (LIGMINAS)”.


Pagamento do IPVA MG 2018

Os proprietários de veículos que possuem débito pode retirar a guia de pagamento com facilidade. No processo serão acrescidos os juros e as multas.

Para emitir a guia de pagamento siga as orientações abaixo:

  • O usuário deve entrar aqui, na página da Secretaria de Estado de Fazenda (SEF).
  • Em seguida deve entrar na aba “Cidadãos” e clicar em IPVA.
  • No local é possível fazer a simulação e conclusão do parcelamento.

O usuário pode efetuar o parcelamento em 12 vezes, desde que o mínimo seja de R$ 200 por parcela.

Os que não forem clientes bancários podem tirar a guia de recolhimento com valor atualizado.  O pagamento pode ser feito em casas lotéricas.

De qualquer forma é importante que o contribuinte mantenha os débitos regularizados para evitar problemas no futuro.

Com o pagamento em dia é possível manter regularizada a situação do seu veículo, além de evitar o inscrito em Dívida Ativa do Estado e no protesto cartorial.

Ainda o usuário pode ter veículo apreendido pela autoridade policial e precisa pagar multa e adicionar pontos na carteira de habilitação, conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).


Atraso no pagamento do IPVA 2018

Para ter o documento o proprietário precisa estar em dia com:

  • IPVA;
  • Multas de trânsito;
  • Seguro Obrigatório (DPVAT);
  • Taxa de Licenciamento.

Caso ocorra o atraso no pagamento, pode submeter a:

  • Multa de 0,3% ao dia (até o 30º dia);
  • Multa de 20% após o 30º dia que são calculados no valor do imposto ou das parcelas;

Destino do valor do IPVA 2018

O valor arrecadado do IPVA vai para:

  • 20% para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb);
  • 40% destinado ao caixa único do Estado;
  • 40% para o município de licenciamento do veículo.

Todo este valor também volta para a sociedade por meio de serviços como saúde, educação, segurança, trânsito e transporte.


Contato IPVA MG

Para quem ainda tem dúvida se o IPVA MG vai ser cobrado por SMS, ou deseja ter outro tipo de informação, pode entrar em contato pelo Detran.

Por estes canais é possível esclarecer suas dúvidas, ou ter informações sobre o Detran/MG e seus serviços. Abaixo segue o endereço e telefone de contato:

Endereço: Av João Pinheiro, 417 – Boa Viagem – CEP 30.130-183.

Telefone: 155 (basta digitar de algum aparelho fixo em qualquer dia da semana).

Contato de outro estado: (31) 3303-7995.

Horário de Atendimento: Segunda a sexta: 07:00 às 19:00 horas. Sábado e domingo: 08:00 às 15:00 horas.

 

Apreensão por IPVA Atrasado é Ilegal? Saiba Mais

Muitos consumidores tem dúvidas se a apreensão por IPVA atrasado é ilegal. Para esclarecer estas questões que podem até garantir indenização para o proprietário. Ou seja, apreensão por IPVA atrasado é ilegal

Apreensão por IPVA Atrasado é Ilegal
Apreensão por IPVA Atrasado é Ilegal

 

Entenda: Apreensão por IPVA atrasado é Ilegal

Neste caso o atraso no pagamento do tributo não garante o direito de tomar o bem do consumidor.

A irregularidade no pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), não é motivo para apreensão de veículos.

Do ponto de vista de advogados a situação pode ainda garantir uma indenização ao proprietário do veículo.

De qualquer forma é comum no Brasil ocorrer blitz para confiscar e verificar o atraso do IPVA.

 

De acordo com profissionais a cobrança pelo atraso é correta, mas apreender o veículo é ilegal.

Além disso, desde 2006 não é mais obrigatório o porte de comprovantes de pagamento do IPVA e do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).


Documentos obrigatórios para condutor

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro somente é obrigatórios dois tipos de documentos, são eles:

  • Certificado de Licenciamento Anual e Carteira Nacional de Habilitação (ou Permissão para Dirigir).

Deste modo conforme Art. 133 é obrigatório o porte do Certificado de Licenciamento Anual. Já o Art. 159… § 1º é obrigatório o porte da Permissão para Dirigir ou da Carteira Nacional de Habilitação quando o condutor estiver à direção do veículo.


Direitos do consumidor com IPVA atrasado

O IPVA é o imposto sobre a propriedade de veículo automotor o estado não pode apreender o veículo para que o proprietário faça o pagamento do imposto.

>> Veja mais sobre ➟ IPVA Atrasado

Inclusive de acordo com a lei não é permitido que o Estado prive o usuário do direito sem ter discutido antes a legalidade da cobrança do imposto.

Neste caso, a prática pode ser considerada abusiva do poder de polícia, pois o ideal é que o recebimento do imposto seja feito como ação de execução fiscal.


Indenização direito do consumidor

A indenização pode ocorrer se acontecer o abuso de autoridade em situações que houve a apreensão do veículo, justamente pelo não pagamento do IPVA.

Conforme artigo 37 da Constituição, parágrafo 6º:

“As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros”.

Mesmo com o IPVA atrasado, seria preciso comprovar os prejuízos que o mesmo sofreu com a apreensão.

Como exemplo recibos de táxi, para profissionais que usam o carro para trabalhar, assim como entregadores.


Diferença entre IPVA e Licenciamento do veículo

Em todo caso o usuário não pode confundir o IPVA com o licenciamento do veículo que é Certificado de Registro e de Licenciamento de Veículo (CRLV).

Este documento permite que o veículo trafegue pelas ruas e estradas, além disso, o seu porte é obrigatório, portanto, se o polícia solicitar é necessário apresentar para evitar multa e perda de pontos na carteira.

Em alguns casos o período do vencimento do imposto e a data de renovação do licenciamento do veículo podem ocorrer em algum período.

Neste tipo de situação é possível estar com o licenciamento em dia e o IPVA atrasado, portanto, ele não pode ser multado e nem ter o carro apreendido.

No geral a apreensão por IPVA atrasado é ilegal, por isto o indicado é estar sempre com a documentação do veículo quitada.

Entretanto, se o mesmo foi apreendido pelo IPVA em atraso é possível acionar o Poder Judiciário para liberar o veículo e ter direito a indenização por danos morais e materiais.


Pagamento do IPVA

O usuário irá receber em casa o aviso de vencimento com as informações sobre o seu veículo. Pelo documento é feita a quitação.

Além disso, pelo Detran do seu estado é possível emitir  a segunda via do IPVA e ter outras informações sobre o imposto.

Ao acessar o portal, o pagamento deve ser feito nos seguintes bancos:

  • Banco do Brasil;
  • Bradesco;
  • Caixa Econômica Federal.
  • Casas Lotéricas;
  • Itaú;
  • Santander.

Lembrando que os vencimentos e descontos podem variar de acordo com o estado, até mesmo as opções de pagamento.

No geral o valor é definido pelos estados. Sendo assim, a consulta deve ser feita individualmente conforme a região que você reside.

Para evitar problemas mesmo sabendo que apreensão por IPVA atrasado é ilegal procure manter o pagamento em dia e tenha conhecimento dos seus direitos.

 

 

Estados que não enviam o boleto IPVA: Boleto IPVA Online

Existem alguns estados que não enviam o boleto IPVA. Deste modo, os proprietários de veículos precisam se informar para evitar cair em golpes. Para ter conhecimento e saber os estados que não enviam o boleto IPVA confira no artigo a seguir. No texto também vamos informar como efetuar o pagamento.

Estados que não enviam o boleto IPVA
Estados que não enviam o boleto IPVA

O Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) precisa ser pago todos os anos pelos donos de qualquer tipo de veículo. O valor do IPVA tem relação com o preço do veículo comprado. Veja detalhes a seguir.

IPVA 2018

O IPVA é cobrado pelos estados brasileiros e o valor é arrecadado para o governo local e uma parte vai para o município. Este imposto além de ser cobrado nos veículos terrestres, ele também é aplicado a aeronaves e barcos.

Cada estado cobra uma alíquota diferente, portanto, pode variar de 1% a 4% do valor venal do veículo para todas as categorias e também para categorias de “cilindrada”.

Alguns estados definem o percentual a ser pago como potência, mas outros definem pela faixa de preço.

Além disso, os vencimentos e descontos mudam conforme o estado, até mesmo o parcelamento.

O valor venal é definido pelos estados, mas a maior parte utiliza a tabela FIPE para definição.


IPVA dos estados brasileiros

Abaixo segue o valor do IPVA dos estados brasileiros do ano anterior, lembrando que todo ano existe um reajuste. Logo que o valor do ano seguinte for liberado iremos atualizar o texto abaixo:

  • Acre com alíquota de 2% no valor de R$ 783,08;
  • Alagoas com alíquota de 2,75% no valor de R$ 1.076,74;
  • Amapá com alíquota de 3% no valor de R$ 1.174,62;
  • Amazonas com alíquota de 2% no valor de R$ 783,08;
  • Bahia com alíquota de 2,5% no valor de R$ 978,85;
  • Ceará com alíquota de 2,5% no valor de R$ 978,85;
  • Distrito Federal com alíquota de 3,5% no valor de R$ 1.370,39;
  • Espírito Santo com alíquota de 1% no valor de R$ 391,54;
  • Goiás com alíquota de 3,75% no valor de R$ 1.468,28;
  • Maranhão com alíquota de 2,5% no valor de R$ 978,85;
  • Mato Grosso com alíquota de 2% no valor de R$ 783,08;
  • Mato Grosso do Sul com alíquota de 3,5% no valor de R$ 1.370,39;
  • Minas Gerais com alíquota de 4,0% no valor de R$ 1.566,16;
  • Pará com alíquota de 2,5% no valor de R$ 978,85;
  • Paraíba com alíquota de 2,5% no valor de R$ 978,85;
  • Paraná com alíquota de 3,5% no valor de R$ 1.370,39;
  • Pernambuco com alíquota de 3% no valor de R$ 1.174,62;
  • Piauí com alíquota de 2,5% no valor de R$ 978,85;
  • Rio de Janeiro com alíquota de 4,0% no valor de R$ 1.566,16;
  • Rio Grande do Norte com alíquota de 3% no valor de R$ 1.174,62;
  • Rio Grande do Sul com alíquota de 3% no valor de R$ 1.174,62;
  • Rondônia com alíquota de 2% no valor de R$ 783,08;
  • Roraima com alíquota de 3% no valor de R$ 1.174,62;
  • Santa Catarina com alíquota de 2% no valor de R$ 783,08;
  • São Paulo com alíquota de 4,0% no valor de R$ 1.566,16;
  • Sergipe com alíquota de 2,5% no valor de R$ 978,85;
  • Tocantins com alíquota de 2,5% no valor de R$ 978,85;

Estados que não enviam o boleto IPVA

Os estados que não enviam o boleto IPVA seguem abaixo, totalizando 15 unidades da federação. Veja a seguir os locais que não fazem o envio por correspondência do boleto para quitação do IPVA:

  • Amazonas;
  • Bahia (envia apenas notificação);
  • Ceará;
  • Maranhão;
  • Mato Grosso;
  • Minas Gerais;
  • Pará;
  • Piauí;
  • Rio de Janeiro;
  • Rio Grande do Sul (envia apenas notificação);
  • Rondônia;
  • Roraima;
  • Santa Catarina;
  • São Paulo (envia apenas aviso de vencimento);
  • Tocantins.

Já nos outros locais o imposto chega pelos correios são eles:

  • Acre;
  • Alagoas;
  • Amapá;
  • Distrito Federal;
  • Espírito Santo;
  • Goiás;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Paraíba;
  • Paraná;
  • Pernambuco;
  • Rio Grande do Norte;
  • Sergipe.

Solicitar o Boleto IPVA Online

Para solicitar o Boleto IPVA Online é necessário acessar o Detran do seu estado. Abaixo segue os portais:

Após entrar na página deve procurar a opção de atendimento de veículos e solicitar o boleto para a quitação do imposto. 

Neste caso basta completar os campos e inserir Placa e Renavam.


Como efetuar o Pagamento do IPVA

Para efetuar o pagamento o proprietário vai receber em casa (pelos estados que enviam) o Aviso de Vencimento do imposto, com informações sobre o veículo, valores, datas, parcelas, formas de pagamento.

Através do documento é possível quitar o IPVA e o seguro obrigatório inclusive fazer o licenciamento antecipado. Caso não ocorra o pagamento pode ocorrer multa e impede a realização do licenciamento.

Ainda, o usuário pode fazer a consulta pela internet e ter todos os detalhes sobre o imposto. Para emitir a segunda via do IPVA ou DPVAT, basta entrar no site do DETRAN do seu Estado e fazer a solicitação.

Esta segunda via pode ser impressa e paga nos seguintes locais:

  • Banco do Brasil;
  • Bradesco;
  • Caixa Econômica Federal.
  • Casas Lotéricas;
  • Itaú;
  • Santander;

Boletos falsos de IPVA

Como dito, existe uma listagem de estados que não enviam o boleto IPVA e outros sim, neste caso é comum ocorrer o golpe do boleto falso do IPVA.

Para lidar com esta situação é preciso saber que se o contribuinte receber um boleto deste tipo o mesmo não pode ser pago.

Já quem fez um pagamento indevido pode fazer um registro de Boletim de Ocorrência e pagar corretamente o imposto sobre o veículo.

Em todo caso se tiver alguma dúvida o motorista pode ir ao banco com documento do veículo.

No local eles vão recolher o número do Renavam com o número da placa do veículo e apresentar a forma de pagamento para o proprietário.

Lembrando que em alguns estados o IPVA pode ser pago em cota única ou parcelado.

Ainda caso voce receba um boleto falso de cobrança pode denunciar a tentativa de golpe, ao Detran do seu estado.

Multas Detran: Consulta por placa, Valor e Recurso

No site do Detran possível consultar as multas Detran. Através da unidade o condutor pode ter todas as informações referentes ao seu veículo. Para verificar as multas Detran e ter acesso a estes detalhe veja a seguir.

Multas Detran
Multas Detran

Como verificar as Multas Detran

Antes de iniciar o processo é necessário ter as informações do veículo, como marca, a cor e o modelo.

Além disso, é preciso saber se o veículo multado está no seu nome.

O órgão possui o prazo de envio da infração de 30 dias, inclusive se o usuário não concordar ele pode recorrer.

✱ Consulte o extrato de débitos em:
      IPVA 2018 PE
      IPVA 2018 MG


Passo a passo para consulta multas Detran

Pela pesquisa é possível verificar também os pontos da sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pelo site do Detran do seu estado.

No portal também estão às informações como:

 

  • Autos de infração de trânsito,
  • Defesas administrativas apresentadas,
  • Emissão de documentos para pagamentos.
  • Entre outros
  • Multas de inspeção veicular,
  • Multas de trânsito,
  • Notificações de autuações

Para iniciar a pesquisa selecione o Detran do seu estado:

Consulta por placa

Veja abaixo como fazer:

  • Para pesquisar multas Detran o usuário deve abrir o portal do seu estado.
  • Em seguida para consulta por placa ele deve digitar a placa ou o código do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores).
  • Depois basta inserir o número de verificação.
  • Em seguida serão exibidas as multas registradas no seu estado.
  • Serão exibidas as multas provenientes de infrações identificadas pelo Departamento de Trânsito, DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Polícia Rodoviária Federal, Companhia Ambiental e pelas prefeituras conveniadas.
  • Fora a internet é possível que o motorista vá até ao próprio Detran e com CNH ou RG e CPF, solicite o serviço.

Pela internet a consulta multas Detran é gratuita e pode ser feita com computador, tablet ou smartphone, através do proprietário do automóvel.


Valor das multas

O usuário pode saber o valor das multas por meio da tabela abaixo. Faça uma pesquisa e saiba os preços.

Lembrando que a maior parte das multas de trânsito podem ser revertidas em advertência até mesmo as que estão vencidas.

 


Pagamento das multas

O valor da penalidade varia conforme a gravidade da infração. O motorista precisa estar atento à data de vencimento e se pagar antes, tem o direito de desconto de 20% no valor.

O pagamento depois do vencimento tem juros e correção adicionados no valor total. Para efetuar o pagamento:

  • O usuário precisa ir até o site do Detran do seu estado e fazer a impressão da guia de pagamento.
  • Se preferir ele pode utilizar os banco conveniados como Banco do Brasil e Bradesco.
  • Outra opção é ir pessoalmente ao Detran com os dados do veículo e multa. No local será calculado o valor e até a opção de parcelamento, conforme cada Detran.

Recurso contra multas Detran

O usuário poderá recorrer se:

  • Quando o veículo é autuado ou flagrado por equipamento eletrônico ou agente de trânsito é possível ter a defesa. Nesta situação é possível fazer a contestação.
  • Depois da atuação o tempo máximo para envio da notificação é de 60 dias, mas o tempo de defesa é apenas 30 dias. Na própria notificação é apresentada a data limite impressa.
  • Após procure o órgão responsável (Detran ou Agência Municipal) e solicite o Formulário de Recurso.

Depois de preencher leve no órgão emissor da multa, com os documentos:

  • Cópia da carteira de habilitação;
  • Cópia da notificação da multa;
  • Cópia de comprovante de residência
  • Cópia de comprovantes que contestam a infração;
  • Cópia de sua identidade;
  • Cópia dos documentos do carro;
  • Duas vias do seu recurso;

Neste momento será analisado o documento pela Junta Administrativa de Recursos de Infrações (Jari). Este órgão pode ou não concordar em eliminar a multa.

O cidadão deve receber o retorno no máximo em 30 dias.

Se não for concedido, o motorista vai ser notificado para o pagamento da multa. De qualquer forma, se você ainda não deseja pagar as multas Detran, pode começar um recurso judicial.

Nesta situação será preciso procurar um tribunal de pequenas causas e solicitar um advogado.

Tabela FIPE 2018: Motos, Carros e Caminhões

A Tabela FIPE 2018 é fundamental para quem deseja comprar um veículo. O item é utilizado pelas concessionárias, seguradoras e também no cálculo do IPVA. Deste modo, a Tabela FIPE 2018 informa preços médios de veículos no mercado nacional. Para saber mais confira a seguir.

Tabela FIPE 2018
Tabela FIPE 2018

O que é a Tabela FIPE 2018

Através da FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) é possível ter as informações e os parâmetros para negociações ou avaliações dos veículos.

Entretanto, em cada região, os preços mudam inclusive devido região, conservação, cor, acessórios ou outro fator que possa influenciar as condições de oferta e procura por um veículo.

➜ Fique atento aos gastos com:
      IPVA SP 2018
      IPVA RJ 2018
      IPVA MG 2018

Através do item é possível ter um padrão sobre o valor dos veículos, como motos, carros e os caminhões. Todas estas questões levam em conta as características que possam mudar o valor do veículo.

Criado em 1973 a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) atualmente é a responsável pelas pesquisas e o desenvolvimento e índices financeiros e econômicos do Brasil.


Como funciona a Tabela FIPE 2018

A tabela passa por atualização de acordo com análise de valores médios de veículos.

Sendo assim é feito uma observação em 24 estados do país na qual exige o monitoramento dos valores, para saber a média de compra e venda do veículo.

No geral, o ano do veículo tem referência ao ano do modelo, portanto, não é considerado um veículo para uso profissional ou especial. Portanto, os preços são definidos em R$ (reais) do mês/ano de referência.

O mais comum durante a análise para verificar o veículo são a quantidade de Kms rodados, o estado do veículo, a cor, os opcionais (exemplo, rodas, couro, som, alarme, Insulfilm, etc).

Todos os meses os valores são atualizados e ocorre sempre nos primeiros dias no mês.

Tabela FIPE para motos, carros e caminhões

O usuário pode verificar a Tabela FIPE 2018 para motos, carros e caminhões de forma gratuita. Com o processo é possível ter as informações sobre compra e venda de veículos.

Para pesquisa de motos veja a seguir:

  • Inicialmente o usuário deve entrar aqui, na página oficial da FIPE;
  • Depois ele deve escolher a opção “Consulta de motos”;
  • Ao definir, entre em pesquisa comum ou pesquisa por código FIPE;
  • Preencha com as informações como marca, modelo e ano do veículo desejado;
  • Depois de inserir, basta colocar a opção Pesquisar.

Para pesquisa de carro, veja abaixo:

  • Inicialmente o usuário deve entrar aqui, na página oficial da FIPE.
  • Depois ele deve escolher a opção “Consulta de carros e utilitários pequenos’;
  • Ao definir entre em pesquisa comum ou pesquisa por código FIPE;
  • Preencha com as informações como marca, modelo e ano do veículo desejado;
  • Depois de inserir, basta colocar a opção Pesquisar.

Para a pesquisa de caminhões, veja abaixo:

  • Inicialmente o usuário deve entrar aqui, na página oficial da FIPE;
  • Depois ele deve escolher a opção “Consulta de caminhões e micro-ônibus”;
  • Ao definir entre em pesquisa comum ou pesquisa por código FIPE;
  • Preencha com as informações como marca, modelo e ano do veículo desejado;
  • Depois de inserir, basta colocar a opção Pesquisar.

Depois da consulta todos os resultados vão ser apresentados conforme:

  • Região do país;
  • Conservação do veículo;
  • Cor do veículo;
  • Itens de série presentes.

Além disso, os usuários que desejam imprimir a consulta são simples. Veja como.

  • O usuário pode selecionar o botão Imprimir na consulta;
  • Depois ele vai ser encaminhado para uma página para informar sua impressora.
  • Escolha a opção “Confirmar”;

Veículos mais procurados

Existem alguns carros que são mais procurados, assim como motos, caminhões e micro ônibus. Para saber quais são, confira a lista abaixo:

Carros procurados na tabela:

Os modelos mais procurados são:

  • Onix  por R$ 37.560,00;
  • Hyundai HB20 por R$ 54.366,00;
  • Chevrolet Prisma por R$ 23.434,00;
  • Honda HR por R$ 89.494,00;
  • Jeep Renegade por R$ 89.550,00;
  • Ford Ka por R$ 20.679,00;
  • Gol por R$ 31.081,00;
  • Fiat Palio por R$ 24.778,00;
  • Toyota Corolla por R$ 92.130,00.

Motos procuradas na tabela FIPE:

Deste modo estes modelos são:

  • Yamaha YBR por R$8.990,00;
  • Yamaha Fazer por R$9.900,00;
  • Honda CG por R$10.290,00;
  • NXR Bros por R$ 7.923,00;
  • Honda 650F por R$32.500,00;
  • Honda 600RR por R$39.500,00;
  • Honda 1000RR por R$ 31.000,00.

Modelos de caminhões mais procurados na tabela FIPE: 

Já os caminhões, são:

  • Acello por R$ 144.920,00
  • Ford Cargo 119 por R$ 142.873,00;
  • Volvo por R$194.505;
  • Ford Cargo 816 por R$ 127.607,00.


Dúvidas sobre Tabela FIPE 2018

Caso o usuário ainda tenha alguma dúvida sobre a Tabela FIPE 2018, pode entrar em contato pelo local e telefone abaixo:

  • Endereço: Avenida Corifeu de Azevedo Marques, 5677 – Vila São Francisco – São Paulo/SP – Brasil – CEP 05339-005
  • Telefone: (55 11) 3767-1700

RENAVAM 2018: Consultar por Placa

O RENAVAM 2018 significa Registro Nacional de Veículo, e funciona como documento de identificação. Através do RENAVAM 2018  é possível ter conhecimento sobre o histórico do veículo, informações de multas, licenciamento, entre outros.

RENAVAM 2018
RENAVAM 2018

RENAVAM

O RENAVAM permite que o usuário tenha acesso a diversas informações sobre o seu veículo. Ou seja, pelo documento é possível ter detalhes sobre o histórico, desde sua fabricação até o descarte do mesmo.

O seu objetivo é armazenar as informações do veículo como furtos, mudanças de donos, multas, características, emplacamento, licenciamento entre outras informações.

 

Todas estas informações são apresentadas pelo DENATRAN na qual tem a função de distribuir estes dados para os DETRANS de cada estado.

Quando é produzido o RENAVAM ?

O RENAVAM é único para cada veículo, portanto, ele é criado no primeiro registro do veículo pelo DETRAN no estado onde o proprietário mora. O documento desde 2013 apresenta 11 dígitos.

Atualmente a versão possui dois zeros na frente e os números seguintes informam o estado que o veículo foi cadastrado, sendo de 00xxxxxx-x até 59xxxxxx-x. Já naqueles que o veículo possui 60000000-0 a numeração passa a ser nacional e única.

 

Impressão do RENAVAM 2018

O RENAVAM vem impresso em cima do seu CRLV (Certificado de Licenciamento do Veículo).

Este documento deve ser carregado junto com seus documentos, portanto, se o usuário sair sem, o veículo pode ser apreendido.

 Consulta RENAVAM

A consulta é feita no DETRAN de cada estado, portanto, o usuário pode fazer a pesquisa de forma presencial ou online.

Para fazer a pesquisa online confira as opções a seguir.

Pesquisa pela placa

A consulta do RENAVAM 2018 pela internet, além de trazer uma economia de tempo ao usuário evita que o mesmo tenha que ir até um atendimento presencial.

Com Registro Nacional de Veículo o usuário também pode fazer pagamentos de taxas como IPVA e Licenciamento, por isto é necessário saber o RENAVAM do veículo.

Se você precisa ter o número de RENAVAM e só possui a placa do veículo, é preciso entrar no site do DETRAN do seu estado.

Nesta consulta vai informar a placa do veículo e as informações cadastradas do automóvel.

Na consulta pela placa será exibido, o RENAVAM, ano de fabricação, marca e modelo, cor, se possui financiamento, município e estado atual e muito mais.

Este modo para o processo:

  • O candidato deve entrar no DETRAN do seu estado;
  • Depois ele deve informar a placa do seu veículo para consultar as informações;
  • Neste processo o usuário já tem a disposição o registro completo do veículo.

Pesquisa pelo chassi

O chassi também pode ser usado para a consulta. Com o código basta apresentar o código de segurança para ter detalhes sobre o histórico do seu automóvel.

O número do chassi é a identificação do veículo, e é uma numeração padrão de identificação do veículo, portanto, esta numeração é universal e usada por todos os veículos.

Neste caso todos os veículos fabricados seguem uma série como automóveis, caminhões, ônibus, assim como outros tipos de transporte.

O número completo do chassi funciona como identidade do veículo e pelo código é possível saber todas as informações vinculadas ao histórico do seu veículo. Para fazer a consulta:

  • O usuário deve entrar no site do DETRAN do seu estado.
  • Depois deve definir a opção de consulta insira os 14 números do chassi.
  • Insira o código e aguarde por todos os detalhes do veículo.

Contatos do Departamento de Trânsito

Para saber o RENAVAM 2018 é preciso acessar o DETRAN do seu estado. Neste caso o usuário precisa fazer a consulta individual em cada um, conforme sua região.

Lembrando que toda consulta deve ser feita de forma individual, portanto é preciso entrar no site do DETRAN do seu estado para o processo. Confira a lista a seguir com a página de cada um do DETRAN disponível:

DETRAN Acre
DETRAN Alagoas
DETRAN Amazonas 
DETRAN Amapá
DETRAN Bahia
DETRAN Ceará
DETRAN Distrito Federal
DETRAN Espírito Santo
DETRAN Goiás
DETRAN Maranhão
DETRAN Minas Gerais
DETRAN Mato Grosso do Sul
DETRAN Mato Grosso
DETRAN Pará
DETRAN Paraíba
DETRAN Paraná
DETRAN Pernambuco
DETRAN Piauí
DETRAN Rio de Janeiro
DETRAN Rio Grande do Norte
DETRAN Rio Grande do Sul
DETRAN Rondônia
DETRAN Roraima
DETRAN Santa Catarina
DETRAN São Paulo
DETRAN Sergipe
DETRAN Tocantins

 

Simulado DETRAN 2018: Prova Placas e Teste Online

O simulado DETRAN 2018 permite que o aluno se prepare para o exame de habilitação.  Através do teste o usuário pode saber sobre a prova original. No simulado DETRAN 2018 o candidato tem o conhecimento de como funciona, por meio do teste online. Veja a seguir.

Simulado DETRAN 2018
Simulado DETRAN 2018

DETRAN 2018

O DETRAN é o órgão responsável pela fiscalização de veículos terrestres.

Além disso, ele tem propriedade sobre os detalhes em veículos automotores, entre ele automóveis, ônibus, micro-ônibus, motocicletas, caminhões, ciclomotores, tratores, jet-skis, barcos, lanchas, aviões de esporte e lazer.

  • Consulte o preço do seu imposto em:
    IPVA RJ 2018
    IPVA SP 2018
    IPVA MG 2018

    Este órgão é o responsável para quem deseja tirar a habilitação, além de fazer o credenciamento de placas e sarjetas de cada estado.

O DETRAN também tem o cuidado de multas, débitos e restrições, 1ª habilitação, reabilitação, pesquisa, acompanhamentos entre outros serviços.

O usuário pode conferir todos os serviços no site do seu estado.


Prova do Simulado DETRAN 

Para quem está prestes a fazer a prova oficial do DETRAN, para tirar a sua 1ª habilitação ou renová-la, pode se preparar por meio do simulado.

Pelo teste é possível testar os conhecimento e praticar para a prova. Nesta prova o candidato precisa acetar 70% das questões, ou seja, 21 perguntas.

Na prova é abordada a legislação Brasileira de Trânsito, assim as questões são de primeiros socorros, legislação de trânsito, noções de mecânica, meio ambiente e relacionamento interpessoal.

Todas as questões são de acordo com o DETRAN, portanto, são originais e seguem a linha da prova oficial.


Placas do simulado DETRAN 2018

Os usuários que desejam estudar para ter conhecimento sobre as placas de advertência, pode fazer o simulado DETRAN 2018.

O teste ajuda a reforçar os conhecimentos e auxilia como são as placas, suas funções e composição.

Deste modo é possível saber sobre a função de cada um e tem o objetivo de alertar os motoristas e pedestres durante o trânsito.

As placas de sinalização podem ficar ao lado ou suspensas sobre a pista com mensagens legendas e símbolos. No geral são três tipos de placas:

  • De regulamentação (cores: branca vermelha e preta);
  • De advertência (cores: amarela e preta);
  • De indicação (cores: azul, verde, branca e preta).

As placas de regulamentação mostram obrigações, proibições e limitações e são circulares e possui fundo branco, borda em vermelho com ou sem traja vermelha, com exceção da Parada Obrigatória, que é octogonal e possui fundo vermelho, assim como a placa de “Dê a Preferência”, que é triangular.

A placa de advertência indica os perigos aos condutores e são quadradas, nas cores amarela e preta, além de ser diagonais e se mostram nas vertical e horizontal. Elas são definidas do seguinte modo:

  • Placas referentes a cruzamentos;
  • Placas referentes às curvas;
  • Placas referentes a estreitamento de pista;
  • Placas referentes a ferrovias;
  • Placas referentes a perigo.
  • Placas referentes ao perfil;
  • Placas referentes ao sentido.


Por fim, as placas de indicação, orientam o motorista em:

  • Atrativos Turísticos.
  • Educativas;
  • Orientação e Destino;
  • Serviços Auxiliares;

Aprenda a fazer o teste online do Simulado 

O cidadão pode se preparar para a prova por meio do teste online disponibilizado pelo DETRAN de cada estado.

A instituição oferece uma página onde é simulada a prova original.

Este teste é gratuito e pode ser feito pelo seu celular ou computador, basta ter uma conexão com internet.

Neste simulado o aluno também precisa acertar 21 questões e escolher apenas uma alternativa das quatro apresentadas.

Para fazer o teste:

  • O candidato deve entrar no site do DETRAN do seu estado e ir à opção de simulado;
  • Depois basta seguir as orientações do site para iniciar a prova;
  • Defina o tipo de prova;
  • Selecione a resposta por meio do seu teclado e mouse.

O candidato vai ter 30 perguntas para responder no tempo de 40 minutos e o teste é de assinalar.

O usuário deve selecionar apenas uma resposta correta e avançar pelas etapas.

Ao final será possível ver o resultado com as respostas certas.


Contato do Simulado DETRAN 2018

Caso o candidato tenha alguma dúvida sobre o simulado DETRAN 2018, basta ele ir até a unidade do seu estado.

No próprio site do DETRAN do seu estado é informado o telefone e endereço entre outras informações de contato.

Detran 2018: Serviços, Multas, IPVA e CNH

O Detran 2018 é o departamento responsável pela fiscalização de veículos terrestres em suas respectivas jurisdições. Através do Detran 2018 é feita a avaliação da capacidade física, mental e psicológico para tirada da CNH. 

Detran 2018
Detran 2018

DETRAN 2018

O Detran tem como prioridade ter as informações referentes aos veículos automotores, entre ele automóveis, ônibus, micro-ônibus, motocicletas, caminhões, ciclomotores, tratores, jet-skis, barcos, lanchas, aviões de esporte e lazer.

Como consequência o órgão é responsável para os candidatos que desejam tirar sua carta de habilitação.

Além disso, o órgão também fica a cargo do credenciamento de fabricantes de placas e sarjetas de cada estado.

Este órgão estadual tem autonomia para determinar seus próprios procedimentos e regras.


Serviços IPVA com o DETRAN 2018

Pelo portal o usuário pode fazer a consulta dos valores que vão ser pagos para o seu veículo, inclusive os débitos pendentes.

Para o processo basta o usuário inserir o número Renavam – Registro Nacional de Veículo Automotor.

O contribuinte pode efetuar o pagamento por meio de internet da sua rede bancária ou nas agências.

Licenciamento do veículo no Detran 2018

O Detran 2018 também permite que seja feito o pagamento dos débitos e solicitação da entrega do Licenciamento (Certificado de Registro de Licenciamento – CRLV). Neste caso é preciso que o endereço esteja cadastrado no documento do mesmo o destinatário.


CNH no DETRAN 2018 

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) garante ao cidadão a possibilidade de conduzir o seu veículo.

O documento é obrigatório. Na versão atual é preciso incluir o número da Carteira de Identidade (RG) e do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Este documento é usado em todo território nacional. Hoje a habilitação é dividida em cinco categorias:

  • A: condutor de veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral (motos);
  • B: condutor de veículo motorizado não abrangido pela categoria A, com peso bruto total inferior a 3.500 quilos e lotação máxima de oito lugares, além do motorista (automóveis);
  • C: condutor de veículo motorizado usado para transporte de carga, com peso bruto superior a 3.500 quilos (como caminhões);
  • D: condutor de veículo motorizado usado no transporte de passageiros, com lotação superior a oito lugares além do motorista (ônibus e vans, por exemplo);
  • E: condutor de combinação de veículos em que a unidade conduzida se enquadre nas categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada ou rebocada tenha peso bruto de seis mil quilos ou mais; ou cuja lotação seja superior a oito lugares; ou, ainda, que seja enquadrado na categoria trailer.

Para tirar é preciso procurar uma unidade do Departamento de Trânsito (DETRAN) da sua cidade. O usuário precisa ser maior de 18 anos, saber ler e escrever e possuir documento de identidade.

Para conhecimento o cidadão pode ter mais informações do documento pelo site do DETRAN do seu estado. No portal o interessado pode fazer as consultas nos pontos da CNH de forma online e também das multas.

Os serviços para os motoristas incluem:

  • 2ª via de multas para veículos registrados em outro estado;
  • Acompanhamento da 1ª CNH;
  • Acompanhamento de recurso de suspensão do direito de dirigir;
  • Acompanhamento e solicitação de recurso de penalidade Pesquisa de multas;
  • Infrações;
  • Pesquisa de débitos e restrições;
  • Pesquisa de gravames;
  • Pontos da CNH;
  • Quantidade de aulas práticas e de aulas teóricas;
  • Resultado de provas;

DETRAN 2018

Apesar da maior parte dos serviços do DETRAN 2018 ser feito apenas pessoalmente é possível marcar pela internet o dia e a hora, até mesmo nos postos do Poupatempo.

Com isto eles oferecem os seguintes serviços:

  • 1ª habilitação, reabilitação, adição ou mudança de categoria;
  • 2ª via de CNH, troca da permissão para dirigir pela CNH definitiva;
  • Processo Suspensão / Cassação CNH;
  • Renovação com exame fora do posto;
  • Renovação com exame no posto.

Contatos do Departamento de Trânsito

O usuário que deseja ter mais detalhes sobre o DETRAN 2018 precisa acessar a página de cada estado. Confira a seguir o portal das unidades:

DETRAN Acre
DETRAN Alagoas
DETRAN Amazonas 
DETRAN Amapá
DETRAN Bahia
DETRAN Ceará
DETRAN Distrito Federal
DETRAN Espírito Santo
DETRAN Goiás
DETRAN Maranhão
DETRAN Minas Gerais
DETRAN Mato Grosso do Sul
DETRAN Mato Grosso
DETRAN Pará
DETRAN Paraíba
DETRAN Paraná
DETRAN Pernambuco
DETRAN Piauí
DETRAN Rio de Janeiro
DETRAN Rio Grande do Norte
DETRAN Rio Grande do Sul
DETRAN Rondônia
DETRAN Roraima
DETRAN Santa Catarina
DETRAN São Paulo
DETRAN Sergipe
DETRAN Tocantins

Como Ter Isenção IPVA 2018: Solicitação, Regras, Aposentados

O pagamento anual do Imposto Sobre Propriedade do Veículo é obrigatória, mas existem as exceções. Deste modo, alguns usuários tem a dúvida de como ter isenção IPVA 2018. Neste caso é preciso saber quais os contribuintes possuem esse direito. Para saber como ter isenção IPVA 2018 vejam a seguir.

Como Ter Isenção IPVA 2018
Como Ter Isenção IPVA 2018

Como Ter Isenção IPVA 2018

No geral o valor do IPVA  é definido da seguinte maneira, com 50% para o Estado e os outros 50% são para o Município.

Este valor fica apresentável para serviços básicos da população, como saúde, educação, segurança, transporte e entre outros.

Consulte ainda os prazos de vencimento em:
      IPVA PR 2018
      IPVA MT 2018

 


Regras de Isenção IPVA 2018 

Para saber como ter isenção IPVA 2018 é preciso que o usuário se enquadre nas categorias definidas pelo Governo. Neste caso, tem o direito:

  • Autista não condutor faz parte do grupo que está isento de pagar o imposto;
  • Cedidos a autarquias e fundações públicas estaduais;
  • Condutor profissional autônomo ou taxista;
  • De leilão feito pelo poder público;
  • Deficiente físico condutor ou não;
  • Deficiente mental (severo ou profundo)
  • Deficiente visual não condutor;
  • Embaixada e consulado;
  • Entidade filantrópica;
  • Furtado ou extorquido;
  • Roubado;
  • Sinistrados com perda total;
  • Valor histórico.

Além disso, existem alguns estados que oferece isenção do IPVA para pessoas com câncer. Os estados são:

  • Distrito Federal;
  • Espírito Santo;
  • Goiás;
  • Minas Gerais;
  • Paraíba;
  • Paraná;
  • Pernambuco;
  • Piauí;
  • Rio de Janeiro;
  • Rio Grande do Norte;
  • Rio Grande do Sul;
  • São Paulo.

De qualquer forma é preciso conferir as leis de cada estado para saber de forma específica sobre a obtenção da isenção do imposto.


 Isenção Aposentados IPVA 2018

Neste caso os aposentados e pensionistas que recebam de um a cinco salários mínimo são isentos do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).


Documentos para ter Isenção IPVA 2018 

Para veículos usados são necessários os seguintes documentos:

  • Cópia do CRV (Certificado de Registro de Veículo);
  • Cópia do CRLV (certificado de Registro e Licenciamento do Veículo);
  • Cópia autenticada pelo DETRAN da CNH (carteira Nacional de Habilitação) que conste a aptidão para dirigir veículos adaptados;
  • Cópia autenticada pelo DETRAN do Laudo de Perícia fornecido exclusivamente pelo DETRAN, especificando o tipo de defeito físico e o tipo veículo que o deficiente possa conduzir;
  • Cópia da Nota Fiscal referente às adaptações feitas no veículo com Isenção de IPVA;
  • Assinar pedido de reconhecimento de imunidade, isenção de IPVA em três vias.

No caso dos Veículo 0 km é pedido:

  • Cópia autenticada do CPF, RG do requerente;
  • Cópia autenticada pelo DETRAN da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) que conste a aptidão para dirigir veículos adaptados;
  • Cópia autenticada pela DETRAN do Laudo de Perícia fornecido exclusivamente pelo DETRAN, especificando o tipo de defeito físico o tipo de veículo que o deficiente possa conduzir;
  • Cópia da Nota Fiscal referente às adaptações feitas no veículo (quando for o caso);
  • Declaração do deficiente físico, de que não possui outro veículo com Isenção com firma reconhecida;
  • Assinar pedido de reconhecimento de imunidade, isenção de IPVA em três vias;
  • Cópia Nota fiscal do Veículo (fabricante) Cópia do Cadastro, 1º emplacamento.

É importante que o usuário também tenha o laudo médico emitido por prestador de serviço público ou privado de saúde, contratado ou conveniado, que integre o Sistema Único de Saúde (SUS).


Solicitação da isenção IPVA 2018  

O usuário precisa fazer a solicitação na Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) do local onde o deficiente reside. Diante disso é possível que os documentos variem.

  • Com os documentos é preciso o acessar o site da SEF do estado onde a isenção será solicitada para verificar a documentação necessária.
  • Depois é preciso preencher o formulário e assinar as duas vias;
  • Em seguida é necessário levar os documentos de identificação até o DETRAN para que seja feito o registro e a solicitação.

Inclusive a declaração de isenção de IPVA somente é possível para um único veículo no nome da pessoa portadora de necessidades especiais.

Neste caso o pedido de isenção implica a baixa de qualquer outro caso esteja ativo em relação ao mesmo proprietário.


 Entre em contato com o Detran

Caso o usuário ainda tenha dúvida de como ter isenção IPVA 2018 ele deve entrar em contato com o Detran do seu estado ou então entrar no item da Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) do seu estado.

IPVA Atrasado: Como pagar, Consequências e Parcelamento

Algumas pessoas por determinada razão acabam deixando o IPVA atrasado. No entanto, estes cidadãos que estão passando por esta situação precisam se informar. No artigo, vamos trazer todos os detalhes do que fazer quando estiver com o IPVA atrasado. Confira nossas orientações a seguir.

IPVA Atrasado
IPVA Atrasado

Todos os anos o cidadão precisa efetuar o pagamento do IPVA. Entretanto, o valor é modificado. Para ficar por dentro, confira todos os detalhes no artigo abaixo.

Sobre o IPVA

O IPVA é um imposto que incide nos proprietários de veículos. Todos os anos são necessários efetuar o seu pagamento.

O Imposto de Propriedade de Veículos Autos Automotores (IPVA) em dia permite que os motoristas possam circular com o seu veículo pelas ruas.

Consulte ainda a tabela do:
      IPVA 2018 MG 
      IPVA 2018 SP

 

A sua receita é dividida entre o Estado (50 %) e o Município (50 %), portanto o valor fica destinado para financiamento dos serviços básicos da população, como saúde, educação, segurança, transporte e entre outros.


IPVA atrasado

Com o atraso do pagamento do IPVA isto pode gerar encargos e impostos sobre o valor atualizado.

Inclusive o cidadão pode perder os descontos que são concedidas caso seja feio o pagamento dentro do prazo.

Inclusive o atraso também faz com que o veículo fique irregular e seja proibida a sua circulação em qualquer rodovia da cidade ou país.



Deste modo os condutores que desrespeitarem o código de trânsito e circularem com o IPVA atrasado pode:

  • Sujeitos à apreensão do veículo e multa gravíssima no valor de R$ 293,00, com perda de sete pontos na carteira, se o mesmo for abordado em situação irregular.

Como pagar o IPVA atrasado 

Caso você tenha perdido o prazo do pagamento do imposto, é preciso tomar algumas providencias para se regularizar.

Confira a seguir quais procedências você deve tomar:

  • Inicialmente é preciso entrar no site do DETRAN do seu estado e fazer a consulta das pendências do seu veículo;
  • Em seguida o usuário também vai conseguir fazer a emissão da guia de pagamento do IPVA atrasado pela a internet.
  • Com a guia atualizada com os juros, o usuário vai ter um novo prazo de pagamento.

Este boleto também pode ser solicitado por meio do código RENAVAM nos canais de atendimento:

  • Guichê do caixa;
  • Autoatendimento;
  • Internet;
  • Débito Agendado;
  • Casas Lotéricas;
  • Rede Banco 24 horas.

Lembrando que com o novo boleto, basta efetuar o pagamento em Internet banking, agência bancária física ou nas Casas Lotéricas.


Parcelamento do IPVA atrasado

O usuário também pode realizar o parcelamento do débito do IPVA pela internet. Neste caso basta ele ir ao DETRAN do seu estado e escolher a opção “IPVA – Parcelamento”.

Em seguida basta seguir as instruções para parcelamento pela internet.

Depois será gerado o primeiro boleto de pagamento. Inclusive as outras parcelas também podem ser emitidas no mesmo portal, basta informar o número do RENAVAM e o código de segurança.

Lembrando que o usuário deve acompanhar as informações do seu estado para verificar se estão disponíveis as condições do parcelamento com atraso, pois isto, pode variar de cada estado.


 Consequências do Imposto IPVA vencido

O atraso do pagamento pode gerar algumas consequências ao contribuinte, como os juros e as multas com correção monetária.

Inclusive este atraso gera prejuízo, pois é possível que seja acrescido moratórios de 0,33% por dia de atraso, até o limite de 20%, e juros mensais equivalentes à taxa Selic ou 1%, o que for maior.


Quem tem a Isenção do Imposto IPVA?

Existem os casos na qual o condutor está isento do pagamento são:

  • Deficiente físico condutor ou não;
  • O deficiente visual não condutor;
  • O deficiente mental (severo ou profundo);
  • Autista não condutor;
  • Veículos de entidade filantrópica;
  • Embaixada e consulado;
  • De condutor profissional autônomo ou taxista;
  • De valor histórico;
  • Roubado;
  • Furtado ou extorquido;
  • Sinistrados com perda total;
  • De leilão feito pelo poder público;
  • Pedidos a autarquias e fundações públicas estaduais;
  • Entre outros.

Para este direito é preciso que a solicitação seja feita na Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) do local onde o deficiente reside.

No geral são pedidos documentos de laudo médico emitido por prestador de serviço público ou privado de saúde, contratado ou conveniado, que integre o Sistema Único de Saúde (SUS).

Ainda é preciso entrar no site da SEF do estado onde a isenção vai ser solicitada para verificar os demais documentos.


Contatos para mais informações

Caso o usuário ainda possua dúvidas sobre o IPVA atrasado o indicado é entrar em contato o DETRAN ou Secretaria de Fazenda do seu estado.